PORSCHE CAYNNE MAIS POTENTE É UM HÍBRIDO PLUG-IN

Por 13/08/2019 ÀS 08:55
PORSCHE CAYNNE MAIS POTENTE É UM HÍBRIDO PLUG-IN

A Porsche continua focando consistentemente na eletromobilidade, com a linha Cayenne seguindo a gama Panamera e apresentando agora um híbrido plug-in como seu novo modelo de referência. O Cayenne Turbo S E-Hybrid obtém sua potência de sistema de 500 kW (680 cv) da interação inteligente entre um motor V8 de quatro litros (404 kW/550 cv) e um motor elétrico (100 kW/136 cv) integrado à transmissão Tiptronic S de oito velocidades. O torque máximo do sistema é 900 Nm, disponibilizado logo acima da marcha lenta.

O modelo acelera desde a imobilidade até 100 km/h em 3,8 segundos e atinge uma velocidade máxima de 295 km/h. Esse desempenho excepcional se combina a um alto nível de eficiência: o Cayenne Turbo S E-Hybrid pode rodar até 40 quilômetros sem nenhuma emissão local. O consumo, segundo o ciclo NEDC, é de 3,9 -3,7 l/100 km (combustível) e 19,6-18,7 kWh/100 km (eletricidade).

Velocidade de até 135 km/h usando apenas eletricidade

Como todos os Porsches híbridos plug-in, o novo modelo topo de linha da família Cayenne é também um dos veículos mais esportivos do segmento premium - não apesar de seu trem de força híbrido, mas devido a ele. No modelo Cayenne Turbo S E-Hybrid, o motor elétrico está localizado entre o motor V8 a combustão e a transmissão Tiptronic S de oito velocidades.

Os dois motores são interligados através de uma embreagem de separação dentro do módulo híbrido, batizada de Embreagem Atuadora Elétrica (Electric Clutch Actuator - ECA). No modo de condução E-Power, o motor elétrico pode, sozinho, impulsionar o veículo até uma velocidade máxima de 135 km/. Ele também pode ser usado nos outros modos, para gerar um aumento de potência adicional. Esses modos podem ser selecionados através do pacote Sport Chrono de série (Hybrid Auto, Sport e Sport Plus). A Porsche adotou essa estratégia de aumento de potência de sua experiência com o super carro esportivo 918 Spyder.

A bateria de íons de lítio é instalada sob o assoalho da área de carga e tem 14,1 kWh de capacidade. A bateria de alta voltagem pode ser totalmente carregada em 2,4 horas com o carregador de bordo de corrente alternada de série de 7,2 kW, utilizando uma tomada de 400 volts com fusível de 16 amperes. Usando uma tomada de corrente doméstica convencional, com 230 volts e 10 amperes, o processo de carga leva seis horas. O processo de carga também pode ser programado através do Porsche Communication Management (PCM - gerenciamento de comunicações) ou do aplicativo Porsche Connect (para smartfones e Apple Watch).

Sistema de estabilização de rolagem, suspensão a ar e freios de cerâmica de série

O Cayenne Turbo S E-Hybrid vêm com um amplo equipamento de série montado na fábrica. A lista inclui o sistema de estabilização de rolagem Controle Dinâmico do Chassi (Porsche Dynamic Chassis Control - PDCC), o bloqueio do diferencial traseiro com Vetoreamento de Torque (Porsche Torque Vectoring Plus - PTV Plus), sistema de freios de alto desempenho de composto de cerâmica (Porsche Ceramic Composite Brake - PCCB), rodas de liga leve de 21 polegadas com design Aero incluindo extensões dos arcos das rodas na cor da carroceria, direção assistida Power Steering Plus e o pacote Sport Chrono. A suspensão pneumática adaptativa de três câmaras, incluindo o sistema de Gerenciamento Ativo (Porsche Active Suspension Management - PASM), assegura o amplo espectro da típica dinâmica de condução da Porsche, juntamente com uma rodagem confortável. Rodas de liga leve com até 22 polegadas e eixo traseiro esterçável também estão disponíveis, como opcionais extras.

Preços
As duas versões híbridas do Cayenne já estão disponíveis para encomenda no Brasil. Os preços iniciam em R$ 435.000 pelo Cayenne E-Hybrid e R$ 946.000 pelo Cayenne Turbo S E-Hybrid.

Por: Imprensa Porsche Brasil